segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Feliz 20 dias sem fumar pra mim!!




Não sei muito  bem o que dizer... esperava ter um monte de coisas pra contar mas, simplesmente não consigo reproduzir em palavras a felicidade que me domina por estar há 20 dias sem a merda do cigarro!

Foi fácil? Não, não passou nem perto de ser.
A vontade de fumar passou? Não, mas esta quase.

Oque mudou?

Hoje eu percebi que ver as pessoas fumando não me incomoda tanto.
Como eu contei lá no primeiro post, minha mãe é fumante. De vez enquando ela me busca no trabalho. Nos primeiros dias, era um sofrimento. Até por que, a delícia de sair do trabalho, era poder entrar no carro e fumar meu cigarrinho tranquilamente com a minha mãe.
Enfim, hoje ela me ofereceu carona e eu aceitei. Assim que ela ascendeu o cigarro eu fiquei apenas irritada. Não senti vontade de fumar, o cheiro me incomodou muito e me deu uma dor de cabeça horrorosa. Senti vontade de pedir para que ela apagasse mas não me senti no direito. Eu odiava quando alguém reclamava do meu cigarro.

Desde sexta-feira a noite meus dias têm sido mais difíceis. Meu segundo bom motivo para parar de fumar está me evitando. É estranho por que ele é/era a única pessoa com quem eu me sinto/ sentia à vontade para falar sobre minha vida. É meio assustador não ter certeza se ele vai continuar ao meu lado. Por minha culpa.

Mas enfim, o blog é sobre parar de fumar e eu não quero que vire um xororô. Não de amor.

Sobre a abstinência eu posso dizer que agora eu consigo sentir que está cada dia mais fácil vencer a batalha. Como eu relatei anteriormente, já consigo ver as pessoas fumando sem sentir vontade de fumar.
Mas o psicológico é foda, nosso cérebro é um belo de um filho da puta. Ele deveria ter sido espertão assim, há 14 anos atrás e me feito pensar antes de começar a fumar e não agora que eu estou tentando parar.
Voltando... o psicológico é a grande merda. o seu cérebro vai lutar diariamente contigo. Seu grande desafio é vencer o seu cérebro. Sua luta é consigo mesmo.
Mas com o tempo eu percebo alguma evolução. Sabe aquela sensação de estar faltando alguma coisa? Quase não tenho. Basicamente só ocorre após o almoço e quando eu saio da empresa. E passa mais rápido. Um copo d'água ou chiclete resolvem o problema. E respirar fundo também. Só que essa parte ainda dói, então eu faço menos.

Ah uma coisinha...
Hoje eu consegui sentir o cheiro do amaciante na minha blusa! Parece bobagem, mas eu fiquei tão feliz! Do nada, eu estava andando após o almoço e fui mexer na bolsa. Nisso, encostei o nariz na manga da blusa e senti o cheirinho de bebê. Explodi de felicidade, né?

São essas coisinhas que vão nos dando forças para continuar.

Hoje senti mais dores no peito do que nos outros dias e a concentração fugiu de vez... não consigo fazer nada por inteiro. Espero muito que essa fase passe logo por que dependo muito da concentração para trabalhar.

Outro cuidado que estou tomando é para não cair em depressão. Muitas coisas chatas estão acontecendo e eu estou muito mais triste do que estava no começo do tratamento.
Não vou fazer nada por enquanto pois estou na TPM e isso pode estar ajudando também. Se não melhorar, eu volto no médico.

É isso aí! Feliz 20 dias sem cigarro pra mim!!! :)

Nenhum comentário:

Postar um comentário